Categoria:Temporada 2003

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
(Redirecionado de 2003)
Ir para: navegação, pesquisa
← Temporada 2002 Icone-Calendario.png Temporada 2004 →

Sobre temporada

Se há um ano na História do Cruzeiro em que o torcedor celeste tinha certeza que seu time era imbatível, essa temporada foi 2003. Campeão Mineiro, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, o time estrelado derrotou todos os seus adversários no decorrer do ano, à exceção do São Caetano. Contra o Azulão, foi um empate e uma derrota.

Foram nada menos que 179 gols marcados na temporada, 102 deles só no Brasileirão. Para se ter uma ideia, o Cruzeiro de 2010 teve o ataque mais positivo da Libertadores, com 26 gols, e anotou apenas 124 tentos em todo o ano.

No Campeonato Mineiro, o Cruzeiro foi campeão invicto, com 10 vitórias e dois empates. A competição foi disputada em sistema de pontos corridos e, no jogo considerado mais importante, o clube celeste bateu o rival Atlético-MG por 4 a 2, de virada, no Mineirão, com gols de Alex (2), Deivid e Marcelo Ramos.

Na Copa do Brasil, outro título invicto. Foram 11 jogos, com oito vitórias e três empates. Depois de passar fácil por Vasco e Goiás, nas quartas de final e semifinal, o Cruzeiro atropelou o favorito Flamengo na decisão.

No Maracanã, a Raposa saiu na frente com um golaço de Alex, de letra. O Flamengo empatou aos 48 minutos do segundo tempo e alimentou as esperanças de conquistar o bi da competição nacional. No Mineirão, porém, o clube celeste marcou três gols em apenas 28 minutos e administrou o jogo até o fim. O time rubro-negro ainda fez um gol de honra no segundo tempo, mas viu o Cruzeiro ser tetracampeão da Copa do Brasil diante de 79.614 pagantes no Gigante da Pampulha.

No Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro sobrou em campo. O time somou 100 pontos na competição, um recorde na história do torneio. Os principais jogos do segundo turno ocorreram contra o Santos, o Atlético-MG e o Paysandu, todos eles no Mineirão.

O Peixe era o principal adversário do Cruzeiro na briga pelo título e perseguia o clube celeste de perto. No duelo do segundo turno, a Raposa não deu chances ao adversário e fez 3 a 0, diante de 65.366 pagantes, no Gigante da Pampulha.

Contra o Atlético-MG, a torcida cruzeirense fez a sua parte, foi maioria entre os 66.930 torcedores no Mineirão e comemorou o triunfo por 1 a 0, com gol de Mota, que deu ainda mais moral ao clube na disputa pelo título. Com a vitória, o Cruzeiro abriu 12 pontos de vantagem sobre o Santos, segundo colocado, e os cruzeirenses ficaram ainda mais confiantes na conquista.

A confirmação matemática do título veio com duas rodadas de antecedência, no duelo contra o Paysandu, no Mineirão, com gols de Zinho e Mota. O Cruzeiro ainda foi o campeão de público daquele campeonato, com média de 26.366 pagantes por jogo, no Brasileirão mais longo da história (ao lado da edição de 2004), com 46 partidas.

Subcategorias

Esta categoria possui as seguintes 5 subcategorias, de um total de 5.

Páginas na categoria "Temporada 2003"

As seguintes 74 páginas pertencem a esta categoria, de um total de 74.

2