Alexandre Mattos

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa
Alexandre Mattos.png

Alexandre Mattos é o atual diretor de futebol do Cruzeiro. Teve seu nome anunciado no dia 3 de março de 2012[1][2]. Estava a 5 anos como diretor do América-MG.

Depois de quase 2 anos no Cruzeiro, anunciou sua saída no dia 9 de dezembro de 2014.

Histórico

Alexandre Mattos foi um dos reponsáveis pela montagem do elenco do Cruzeiro 2013, 2014 e parte do planejamento de 2015.

2013

Entrevista: O Cruzeiro de 2013 (blog do perrone)[3]

Como explicar a guinada dada pelo Cruzeiro?

A gente começou esse trabalho no ano passado. O Cruzeiro tinha desmanchado um time muito forte, estava sem estádio. Sabíamos que teríamos dois anos de muita luta. Comecei a contatar as pessoas, começamos a procurar jogadores. Entendemos que o futebol atual exige força física, criatividade, transição rápida, poder ofensivo e defensivo. Fomos ao mercado buscar jogadores jovens que se encaixassem. Trouxemos Lucca, Nilton, Ricardo Goulart, Éverton Ribeiro. E buscamos um diferencial, com Dedé, Dagoberto, Júlio Baptista. Foram 19 jogadores em 16 meses. E entendemos que o Marcelo Oliveira tinha o perfil para comandar um time com essas características.

A receita gerada pelas saídas de Montillo e Diego Souza foi o ponto mais importante dessa reviravolta?

Fizemos um investimento da ordem de R$ 40 milhões. A receita dessas duas negociações beirou R$ 30 milhões, e ainda vieram o Henrique na saída do Montillo e o Willian na do Diego Souza. Então, elas foram fundamentais. O Cruzeiro teve duas viradas financeiras, essa foi uma. A outra foi ter o Mineirão de volta somado ao crescimento do sócio-torcedor. Chegamos a 30 mil sócios em seis meses de programa. O Mineirão com a força da torcida foi a melhor contratação. O gramado é rápido e nosso time se especializou em jogar com rapidez. Brinco com o Marcelo Oliveira que ele não precisa fazer preleção, só a carreata da torcida pro Mineirão já contamina.

O Cruzeiro voltou a fazer parcerias com empresas. Existia uma rejeição dos investidores ao clube?

Não era rejeição. É que o Cruzeiro tinha rejeitado uma grande oferta do Corinthians pelo Montillo, e o investidor quer resultado, fica preocupado em trazer o jogador e não conseguir vender. O mercado queria entender o novo Cruzeiro, e o que fiz foi mostrar isso. Conseguimos boas parcerias e bons negócios. O Cruzeiro não gastou um real para trazer o Lucca. Com a DIS (empresa do Grupo Sonda) conseguimos o Dedé. Agora, enquanto estou falando com você, já estou pensando em 2014 e 2015, planejando contratações.

Vai conseguir manter os principais jogadores para a próxima temporada?

Não é o Cruzeiro, todos os clubes grandes precisam vender um ou dois jogadores, isso não tem como evitar.

Entrevista Coletiva 20/11/2013[4]

Alexandre Mattos convocou entrevista coletiva no dia 20 de novembro de 2013 sobre a sua renovação com o Cruzeiro.

Permanência no Cruzeiro

Em momento algum, o Alexandre falou alguma coisa sobre deixar o Cruzeiro. O Alexandre está extremamente feliz e sabe o que quer. O Alexandre tem objetivos profissionais dentro do Cruzeiro e feliz pelo título, que certamente será o primeiro de muitos. O dinheiro de outra equipe não vai me tirar do projeto do Cruzeiro. É óbvio que somos profissionais, que demonstramos nosso trabalho. As outras equipes começam a se interessar em atletas, comissão técnica e direção executiva, uma função importante dentro do clube. A felicidade, a torcida e o presidente são responsáveis por ficar. Não é uma proposta que vai me tirar.

Feliz no Clube

Nunca teve dúvida em relação à minha permanência ou não. Os profissionais vão se valorizando, o Cruzeiro tem uma marca muito forte. Se fosse lado financeiro eu já teria saído do clube há mais tempo. A realidade do clube permanece a mesma, o Alexandre não extrapolou nenhum padrão do clube. O que vale é a felicidade.

Marlone

Não é verdade que Cruzeiro e Vasco estejam conversando. O Marlone é um jogador que apareceu e que o Brasil está encantado. A ânsia de saber quem está saindo e quem está chegando é normal nesta época. O Cruzeiro vai estar muito forte em 2014, até mais do que este ano. Quando os jogadores vierem, o clube vai passar para vocês. O Cruzeiro não está conversando sobre o Marlone. Se houver interesse em algum jogador vamos procurar após o fim do Campeonato Brasileiro.

Bruno Rodrigo

Sobre o Bruno Rodrigo, nós vínhamos trabalhando há algum tempo na renovação do contrato. Já chegamos a um acordo verbal, só precisamos colocar no papel. Se não houver nenhuma mudança, será acertado em breve.

Paulão

O Paulão não pertence ao Cruzeiro. Nós temos uma opção de adquirir o Paulão, ainda não conversamos com a comissão técnica. Se houver a opção técnica e financeira vamos adquirir. Caso contrário ele volta para a China.

Lucca e Luan

O Lucca tem contrato até o final do ano. O Luan tem a mesma situação do Paulão. Vamos conversar com a comissão técnica e ver quais são os planos pra 2014. É natural este processo de saídas e chegadas. O Cruzeiro é muito grato a todos os jogadores e vamos fazer o possível para a permanência de todos.

Willian

O Cruzeiro tem contrato com a grande maioria dos jogadores, estamos tranquilos em relação a isso. Willian tem contrato até o meio do ano que vem. Vai se apresentar e fazer a pré-temporada normalmente. Minha exigência com o presidente é que o Cruzeiro sempre esteja em altíssimo nível. Se o Cruzeiro estiver assim, todos estão muito felizes.

Leandro Guerreiro

O Cruzeiro não conversou com nenhum atleta que está perto do fim do contrato. Tudo tem o seu momento. Ainda temos três partidas e queremos bater recordes. Vamos honrar a camisa do Cruzeiro. Não falamos com Leandro Guerreiro, Paulão e Lucca sobre isso ainda.

Fred e Alex

Fred e Alex são jogadores aos quais o Cruzeiro é muito grato pelo que eles fizeram aqui. O Cruzeiro respeita os clubes detentores dos direitos. Não procuramos Fluminense e Coritiba para falar sobre os jogadores. Eles ainda têm contrato com os clube, que ainda estão em dificuldades no campeonato. Posteriormente, podemos negociar, mas neste momento não estamos em negociação com nenhum atleta.

Pré-temporada em 2014

Ainda vamos aprofundar nisso. Como o campeonato começa um pouco mais cedo, pode ser que antecipemos alguns exames.

Renovação com o fornecedor de material esportivo

Isso é um assunto para a área do marketing, com o Marcone Barbosa. A Olympikus tem contrato, alguns ajustes estão sendo feitos. Foi notório que tivemos problemas até de venda, já conversamos com a Olimpikus, e as coisas vão se ajustar. Caso o Cruzeiro pense em coisa diferente, vamos analisar.

Agradecimento à torcida

Gostaria de agradecer ao torcedor do Cruzeiro, que me emocionou muito nestes dias. Muito obrigado a cada um pelo carinho. As manifestações que vêm ocorrendo nestes últimos dias chegaram a mim. É um agradecimento e um esclarecimento ao torcedor que talvez tenha pensado que o Alexandre quer deixar o clube, mas isso nunca passou pela cabeça do Alexandre. O principal pra mim é ter condições de continuar desenvolvendo o trabalho e buscando títulos. O principal é ver a alegria dos torcedores nas ruas. A mobilização criada pelo torcedor só deu mais força pra continuar. Obrigado ao torcedor.

Entrevista a Rádio Guerreiro dos Gramados[5]

No dia 25 de novembro Alexandre participou do Guerreiros em Debate. O Diretor de Futebol do Cruzeiro, conversou sobre: manutenção do elenco para 2014, Cruzeiro forte em todas as competições, contratação de Alex, vinda de Fred, especulações sobre Marlone, pessoas querendo atrapalhar o Cruzeiro e manchar sua conquista, apoio do torcedor e muito mais.

2014

Entrevista ao Globoesporte.com

O dirigente, que foi apelidado de Alexandre Mittos pela torcida, revelou à reportagem do GLOBOESPORTE.COM como começou sua carreira dentro do futebol e como chegou até o Cruzeiro. O dirigente entrou em detalhes de como funciona o processo de contratação de jogadores dentro do clube celeste e ponderou se considera mais importante o dinheiro ou lábia na hora de uma negociação. Mattos ainda falou sobre o preço do atual elenco celeste e qual foi a contração mais difícil neste um ano e meio como funcionário do Cruzeiro.

Link para a entrevista completa

Suspensão

  • No dia 28 de maio, Alexandre Mattos foi suspenso por 120 dias por conta de críticas contra a auxiliar Fernanda Colombo. O Cruzeiro ainda foi punido com uma multa de R$ 500,00.
Entrevista ao Globoesporte.com após suspensão

O dirigente cruzeirense afirmou que evoluiu e aprendeu com os próprios erros durante o tempo em que esteve suspenso e acredita que está mais maduro. Nesta conversa, Alexandre Mattos também falou sobre um possível interesse do Flamengo em seu trabalho, saída de jogadores e permanência de Marcelo Oliveira no comando do Cruzeiro, pedido de desculpas à Fernanda Colombo e a excelente relação que tem com a torcida azul.

Link para a entrevista completa

De partida

O Cruzeiro pode terminar 2014 sem o diretor de futebol que, ao lado do técnico Marcelo Oliveira, foi o responsável direto pela formação do elenco bicampeão brasileiro. Numa reunião na manhã do dia 5 de dezembro com o presidente Gilvan de Pinho Tavares, Alexandre Mattos teve reivindicações recusadas e ficou ainda mais inclinado a aceitar a oferta para comandar o futebol do Palmeiras nas próximas temporadas. [6]

No dia 6 de dezembro, o diretor de futebol Alexandre Mattos não confirma a sua saída do Cruzeiro. São fortes os rumores de que anunciará seu desligamento do clube neste domingo, após o jogo festivo contra o Fluminense, no Mineirão, quando a Raposa receberá o troféu de campeão brasileiro, pelo segundo ano consecutivo. Mais do que isso, pessoas ligadas ao dirigente dão como certa a sua saída para o Palmeiras. No entanto, Mattos prefere deixar o futuro em aberto.

"Este momento é de muita festa. Eu estou eufórico para ver a torcida do Cruzeiro. Aquelas 200 mil pessoas em carreata, o estádio lotado. Este é o momento. Desvirtuou um pouquinho porque teve aquela reunião com o presidente (Gilvan de Pinho), eu devo ter de 20 a 30 reuniões com o presidente por mês. Não tem nada fora do normal. O que tem são situações que vão se falar e vão se ajustar nos próximos dias, entradas, saídas, movimentações de atletas, de comissão técnica, de direção. Caso aconteça, será de maneira natural. Não estou e jamais estaria desempenhando esse papel, se estivesse focado em situação de querer aumento salarial. Não me permitiria escutar outros times do Brasil, e isso exijo de atletas e de agentes, sem falar primeiro com o presidente (do Cruzeiro)" – disse o diretor à rádio Itatiaia. [7]

No dia 9 de dezembro, em entrevista coletiva, Alexandre Mattos confirmou[8][9] sua saída do Cruzeiro. O dirigente cumpre seu contrato até o dia 31 de dezembro, e o destino deverá ser mesmo o Palmeiras, apesar de Mattos garantir que não está acertado com nenhuma outra equipe. Alexandre evitou entrar em detalhes, revelou que pensa ate na vida fora do futebol e comentou sobre a negociação com o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, que queria cobrir qualquer proposta pelo dirigente.

Ler também: O fim da 'era Mattos' na Toca: perda de autonomia e conclusão de negociações

Entrevista após o anuncio da saida

No dia 23 de dezembro de 2014, 14 dias depois de anunciar que ficaria até o fim de 2014, Alexandre Mattos deu uma entrevista ao programa Bastidores da Itatiaia.

Sérgio Luiz, comentarista do blog Páginas Heróicas Digitais, resumiu assim a entrevista:

  • Das três revelações do campeonato, o Cruzeiro trouxe duas: Fabiano e Joel. Só não trouxe Erik, por causa do alto valor pedido pelo Goiás.
  • Não é por ser o Real Madrid, que vai levar o Lucas Silva, assim fácil. Vai ter que pagar caro.
  • No momento, o Cruzeiro não tem condições de montar uma engenharia financeira pra ter Fred.
  • Júlio Baptista não foi um erro. O time precisava de um jogador forte, que aguentasse pancada, para os outros jogarem.
  • Esou saindo do clube pelo mesmo motivo que o elenco está sofrendo alterações, é uma questão de oxigenação.
  • Estou confiante na vinda de Leandro Damião.
  • O Cruzeiro pagou novembro, dezembro e o 13º, há 10 dias.
  • Durante o Mineiro de 2013, Dr. Gilvan me disse que era necessário reforçar a defesa. Eu lhe disse que o melhor seria o Dedé. Ele me respondeu: “Vai lá e resolve”. Liguei prum diretor do Vasco e fiquei sabendo que eo jogador já havia rejeitado propostas do Bayern e do PSG. Eu disse que ele não sabia o que era o Cruzeiro.O que conformei quando fiz esta pergunta ao Dede durante um jantar e ele rateou ao tentar responder.
  • Os clubes brasileiros terão um 2015 difícil. Muitos estão com as contas estouradas, alguns com dificuldades até de receber. O Cruzeiro está financeiramente equilibrado, mas será cauteloso.
  • Agradeço à manifestação da torcida no jogo com o Fluminense. Minha intenção era de tornar o Cruzeiro o maior de todos os times.
  • E, quem sabe, num futuro próximo, eu esteja de volta? [10]

Outro ponto alto dessa entrevista foi sobre as reuniões com Real Madrid sobre a negociação do volante Lucas Silva:

“O Real Madrid esteve quatro vezes sentado comigo. Liguei para o Gilvan e perguntei se era para vender com a proposta feita. Ele me disse: 'são 15 milhões de euros? Eu disse que não'. Hoje está encerrado. A não ser que peguem um avião e venham aqui para respeitar o Cruzeiro”, disse ao programa.

Questionado se o volante poderia ficar desmotivado com a negociação frustrada, o executivo celeste garantiu que teve uma conversa franca com o jogador e seu empresário, e que está tranquilo quanto à permanência do atleta no Brasil.

“Falei isso para o Lucas, o empresário dele e o diretor do Real. Ninguém fica insatisfeito numa estrutura que temos. Todos entendem onde estão. Conversei muito firme com ele. O Real Madrid fala que é o maior do mundo, mas, para mim, o maior do mundo está aqui. Foram quatro reuniões. Conversei com o José Angel e expliquei que ninguém tira jogador daqui do jeito que quer. Não houve nem assunto na próxima janela. O Lucas é uma cria nossa e ajuda muito ao Cruzeiro. Ele já está tendo uma carreira brilhante. As coisas vão acontecer só quando o presidente assinar”, completou.[11]

Vídeos

2012

Março

Apresentação como diretor

Maio

Mattos fala sobre investida ao Fábio

Outubro

Sobre a vinda do Alex

2013

Outubro

Primeiro Bloco Entrevista para os Donos da bola 30/08
Segundo Bloco Entrevista para os Donos da bola 30/08
Terceiro Bloco Entrevista para os Donos da bola 30/08

Títulos

Prêmios individuais

  • Melhor diretor de futebol do ano: 2013 e 2014 [12]

Referências

  1. Superesportes - Gilvan confirma Alexandre Mattos como novo diretor de futebol
  2. Terra - Alexandre Mattos é o novo diretor do Cruzeiro
  3. Blog do perrone
  4. Alexandre Mattos diz que fica no Cruzeiro e fala sobre elenco para 2014 GloboEsporte.com
  5. Entrevista a Rádio Guerreiro dos Gramados
  6. Reunião com Gilvan afasta ainda mais diretor de futebol Alexandre Mattos do Cruzeiro
  7. Alexandre Mattos deixa futuro em aberto
  8. Alexandre Mattos confirma saída do Cruzeiro
  9. Alexandre Mattos anuncia sua saída do Cruzeiro Esporte Clube
  10. Alexandre Mattos no Bastidores no PHD
  11. Depois de quatro reuniões sobre Lucas Silva, diretor manda espanhóis respeitarem o Cruzeiro
  12. Alexandro Mattos ganha como melhor diretor pelo segundo ano