América-TO 0x1 Cruzeiro - 05/03/2017

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa

[edit]

América-TO 0 x 1 Cruzeiro
6ª Rodada do Campeonato Mineiro 2017
Data: 5 de março de 2017 Local: Teófilo Otoni, MG
Horário: 16h Estádio: Nassri Mattar
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro Público pagante: 3.970
Assistente 1: Marcus Vinícius Gomes Público presente: Não disponível
Assistente 2: Guilherme Dias Camilo Renda: R$ 158.200,00
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
América-TO: Cruzeiro:
23. Marcelo Carné 12. Rafael
2. Gleissinho 2. Ezequiel
21. Vinícius Gaúcho Cartão amarelo recebido aos 29  (2T) 29'  (2T)   4. Kunty Caicedo
4. Diego Rosa 27. Manoel
5. Kalu Cartão amarelo recebido aos 49  (2T) 49'  (2T)   6. Diogo
6. Bruno Barros 8. Henrique
7. Matheus Gonzaga Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 17. Deyvison ) 16. Lucas Silva Substituição realizada 29'(2T) de jogo 29'(2T) ( 5. Ariel Cabral )
8. Geovane Lage 19. Robinho
9. Somália Substituição realizada 22'(1T) de jogo 22'(1T) ( 18. Rogelho Ávila ) 11. Alisson aos 30 do  (1T) 30'  (1T) Substituição realizada 37'(2T) de jogo 37'(2T) ( 9. Ramón Ábila )
10. Lenadro Cruz Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 19. Edinho ) 10. De Arrascaeta Substituição realizada 27'(2T) de jogo 27'(2T) ( 30. Thiago Neves )
11. Pedrinho 7. Rafael Sóbis
Técnico: Marcelo Buarque Técnico: Mano Menezes
Reservas que não entraram na partida
América-TO: Cruzeiro:

Pré-Jogo

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 2º com 14 pontos, América-TO, o 12º, com 2.

CRUZEIRO: Rafael — Ezequiel, Leo, Manoel, Barbosa — Henrique, Lucas — Robinho, Arrascaeta, Alisson — Sobis. T: Mano Menezes.

BANCO: França, Mayke, Fabrício, Leo, Hudson, Romero, Cabral, Raniel, Elber, Rafinha, Ábila.

AUSENTES: Fábio, Dedé, Judivan, em recuperação física.

PENDURADO: Diogo Barbosa

AMÉRICA-TO: Carné — Gleissinho, Vinícius Gaúcho, Diego Rosa, Bruno Barros — Kalu, Matheus, Leandro Cruz, Pedrinho — Geovane, Somália. T: Marcelo Buarque.

BANCO: Thiago Moraes, Robert (G), Guilherme, Diego (L), Wagner (B), Vitinho, Bruno Black (V), Deyvison, Rogélio Ávila, Edinho, Victor, Vieira (A).

AUSENTES: Emerson, Luizinho, Rogélio Ávila e Lucas Barata, lesionados.

PENDURADOS: Pedrinho, Leandro Cruz e Kalu.

ARBITRAGEM: Ricardo Marques Ribeiro, Guilherme Dias Camilo e Marcos Vinicius Gomes.

Lance a lance

Primeiro Tempo

Segundo Tempo

Vídeos

Análise tática por Joga Simples

Atuações

  • TORCIDA CELESTE dividiu o Corcovado com a torcida do América e apoiou o time. Máfia, China, Jovem e Rapozama estiveram presentes. (Síndico)
  • Rafael – pouco exigido e quando o foi, esteve muito bem. Cortou providencialmente um cruzamento depois que um jogador adversário fez fila pela nossa esquerda. (Setelagoas)
  • Ezequiel – seguro e muito bem na cobertura. Poderia procurar mais a linha de fundo pois a maioria dos cruzamentos é na diagonal e facilita pra zaga, embora ele “centre” bem a bola. Foi no fundo uma única fez e o Sobis cabeceou bem mas fraco. (Setelagoas)
  • Manoel – firme igual tronco de jequitibá. Grande partida. Bem pelo alto e por baixo. Corte preciso em bobeada do LS. (Setelagoas)
  • Cainunca – abaixo do parceiro de zaga, mas não menos importante.(Setelagoas)
  • BARBOSA fez grande partida, presença constante no apoio. Parece estar ganhando confiança. Lembram do André Luiz, lateral esquerdo dos Bambis, Gambás e do CEC na década de 90? Mesmo estilo, né? (Setelagoas)Henriquestaiger – dono do meio campo. Comprou aquele lote e ele determina o ritmo por ali. Creio estar vivendo a melhor fase dele no CEC. O que leva a uma pergunta: quando Fábio voltar, Henrique deve perder a braçadeira? (Setelagoas)
  • LUCAS – muita categoria e visão de jogo. Aparentemente o entrosamento com o Henrique ainda não foi esquecido. Grande partida, com exceção de cochilada perigosa na frente da área. (Setelagoas)
  • CABRAL foi mais conservador que Lucas, preocupando-se mais coma marcação toque com a armação. (Síndico)
  • Robinho – achei razoável, às vezes até desligado, demorando na definição de jogadas e escolhendo as piores opções, insistindo em cruzamentos mas sem o capricho que lhe é peculiar.
  • Arrascaeta – é o craque do time, mesmo sem ter sido exuberante em campo. Mas pode arrancar um coelho do chapéu a qualquer momento.
  • Alisson – grande partida com muita movimentação e velocidade. Boas tramas na esquerda com o DB. Mas há uma ressalva: precisa ter mais capricho, confiança e convicção nos arremates. Teve duas boas oportunidades e finalizou sobre o gol (embora seja difícil finalizar em velocidade). Mais capricho e confiança, e vai deslanchar.
  • Sobis – grande futebol, entrega ao time, visão de jogo. Muita gana de marcar, sendo até fominha às vezes. E sinceramente é isso que tem faltado em alguns momentos. Chutar. Ah! Cabelo ridículo.
  • ÁBILA jogou 1o minutos, quando time mal conseguia atravessar a linha de meio de campo. Ainda assim, construiu uma boa jogada. (Síndico)
  • NEVES nada fez de significativo. (Síndico)
  • MANO fez ime jogar a sua maneira: com segurança, trocas de passes, mas nada impetuoso na hora de decidir. As altera;cães não melhoraram a situação. (Síndico)
  • CRUZEIRO fez uma boa etapa inicial, sufocando o Dragão, que voltou mais ofensivo e equilibrou a etapa final. Marcar gols continua sendo a maior dificuldade do time. (Síndico)
  • AMÉRICA jogou na retranca na etapa inicial, voltou pra segunda fase mais ofensivo e equilibrou o jogo. faltou-lhe, contudo, talentos pra armar e definir. Carne, com boas defesas, foi o destaque. O restante da defesa não decepcionou. (Síndico)
  • ÁRBITROS, tirante um pênalti não marcado de Manoel, o restante das marcações foram acertadas. (Síndico)

O que foi dito

  • MANO MENEZES: O Cruzeiro tomou a iniciativa, mas demorou um pouquinho a marcar. Estamos cometendo o pecado de demorar a matar o jogo, porque o adversário vai ter chance uma hora ou outra. O América teve chance, num chute cruzado que o Rafael defendeu. Em determinados momentos, o campo atrapalhou um pouco. E estava muito quente. Senti calor sentado no banco, imagina os jogadores lá dentro. É difícil manter o ritmo jogando aqui. Quando não se define o jogo, cria-se insegurança. Mas tivemos méritos para nos mantermos inteiros até o final.
  • ALISSON: Todo mundo nesse grupo é importante, não tem time A nem B. Vamos precisar de todos. O Mano vem dando oportunidade pra todos. Comemorei o gol com os companheiros do banco e com o Sidnei Lobo, que tem me ajudado muito nas finalizações. Mas o importante foi a vitória.
  • SOBIS: Quando não faço gol, procuro ajudar da melhor forma. Importante a assistência ter saído pro gol do Alisson, um menino que merece muito. Acima de tudo, houve dificuldade com o calor, o campo, mas a vitória foi o mais importante. Estou me sentindo muito bem, já são três anos sem lesão. Aprendi a conhecer meu corpo, num calor desses, num jogo difícil, consegui correr da melhor forma possível.
  • FÁBIO VELAME: Duas observações: 1. Mano está fritando o Ábila. 2. Pela recepção que teve da torcida de Teófilo Otomi, foi um desrespeito o time cozinhar o segundo tempo.
  • TATO: Não acredito que seja falta de vontade, em outras partidas muitas chances também foram desperdiçadas. Tá faltando competência.
  • CALUNIEI VOLELA: Resultado magro, mas de grande valia. Tem capiau que ainda acha que o clube de TOT é de índios trabalhando o dia todo no carvão. Não é! Mano está no caminho. Eu acredito demais neste time!

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas