Nélson de Jesus Silva

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
(Redirecionado de Dida)
Ir para: navegação, pesquisa

[edit]

Dida
Dida.jpg
Informações pessoais
Nome completo Nélson de Jesus Silva
Data de nasc. 7 de outubro de 1973
Local de nasc. Irará (BA), Brasil
Altura 1,95
Peso 95 kg
Canhoto
Apelido Dida
Número 1
Posição Goleiro
Jogos 306



Nélson de Jesus Silva, conhecido como Dida, começou sua carreira nas divisões de base do ASA, de Arapiraca (AL), tendo também passado pelo Cruzeiro (AL).

Em 1992, Dida profissionalizou-se no Vitória (BA), sangrando-se campeão estadual. No ano seguinte ajudou o time baiano a fazer sua melhor campanha no Campeonato Brasileiro até hoje, chegando à final, mas sendo derrotados pelo Palmeiras.

Dida seguiu carreira em clubes brasileiros como o Cruzeiro e Corinthians. Sua carreira na Europa se formou no clube suiço Lugano.

Com a equipe de Belo Horizonte, Dida conquistou vaga nas Olimpíadas de 1996 e levou a equipe mineira à várias conquistas dentre elas destaca-se grandes atuações na Copa do Brasil de 1996 contra o Palmeiras de Rivaldo e na Libertadores de 1997, quando Dida contribuiu decisivamente para classificações e fases preliminares e para o título do Cruzeiro, especialmente nas semifinais contra o Colo-Colo em Santiago e no jogo decisivo contra o Sporting Cristal.

Estas atuações chamaram a atenção de times do Brasil e do exterior, inclusive do AC Milan.

Em 2008 foi contratado pelo Milan através do Lugano-SUI e cedido ao Corínthians (SP).

Entrevista ao Guerreiro dos Gramados[1]

Transferência do Vitória para o Cruzeiro: “Aconteceu no momento certo (início de 1994). Eu era jovem e pude construir uma carreira de sucesso no Cruzeiro, o que me ajudou a elevar mundialmente”.

Títulos pelo Cruzeiro: “a Libertadores foi mais importante, mas a Copa do Brasil de 1996 teve um sabor especial”.

Importância do Cruzeiro na carreira: “Muito grande. Devo muito ao Cruzeiro e sua torcida. É um clube especial para mim”.

Livro Anos 90: um campeão chamado Cruzeiro: “Vou ler com certeza. Excelente oportunidade para reviver bons momentos que passei no Clube”.

Aposentadoria: “Não sei ainda quando vou me aposentar. Ainda me sinto bem para atuar. Enquanto me sentir assim, continuarei jogando”.

Salvador, Belo Horizonte ou Porto Alegre após pendurar as luvas: “Vou morar em BH. Lá é minha casa. É a cidade onde me estabeleci”.

Títulos

Individuais

Referências

  1. Entrevista ao GDG